Atos 6. 1-7

Em Atos 6, vemos a instituição dos diáconos. Algo que acontece em decorrência de uma crise. A Igreja cresce. Os judeus que cresceram fora da terra de Israel reclamaram do fato de suas viúvas estarem sendo preteridas da distribuição diária. Cria-se um novo ministério, além do ministério da Palavra, o ministério Diaconal (ação social). Uma Igreja viva e dinâmica reorganiza sua atuação ministerial, e também, sua equipe ministerial. Os apóstolos mudam o foco de sua atuação, dedicando-se a oração e a Palavra. Novos integrantes são inseridos – diáconos. Esses novos integrantes da equipe precisavam ter VIDA NO ESPÍRITO e BOM TESTEMUNHO.

Estamos próximos da renovação dos coordenadores de ministérios para o próximo biênio. Faz-se necessária a apresentação de voluntários que amem ao Senhor e a Sua Casa.

Além da vida no Espírito e um bom testemunho, os líderes precisam ter um comprometimento elevado com a Obra e a Missão de Deus.

Sendo assim, líderes que vão à frente precisam também:

  • Serem membros da igreja a pelo menos 2 anos
  • Serem dizimistas
  • Serem assíduos aos trabalhos da igreja (cultos manhã e noite) e ED
  • Participar de uma célula

Que todos nós oremos e perguntemos à Deus como e onde Ele quer nos usar.

Igreja que não trabalha para o crescimento está se preparando para o fracasso” (pr. Carlitos Paes). Trabalhemos para o crescimento pessoal e da Obra de Deus.

Rev. Sergio,

Seu pastor.


compartilhe


Deixar uma Resposta