Olhando atentamente percebemos um mundo tumultuado a nossa volta: violência, mudança climática e pobreza, para citar apenas três. Esse é o dia a dia da vida. É assustador! Clamamos por justiça.

Profetas como Amós, Oséias ou Miquéias, que eram pessoas simples, que experimentavam as agruras da vida como ela é, na pele, clamavam por um novo mundo, por justiça.

Jesus veio ao mundo com um projeto de justiça: o Reino de Deus.  Após o seu batismo e tentação foi viver no lado norte da cidade de Cafarnaum (cf. Mt 4.1-17) onde havia grande tumulto, pobreza e opressão. Ali curou o servo do centurião, a sogra de Pedro, expulsou demônios, curou um paralitico, entre outros milagres e discursos na sinagoga da cidade. Ali sua atenção foi voltada para essas pessoas que clamavam por justiça.

Recentemente, em Chicago, apareceu um jovem preocupado com pessoas: Theaster Gates. Ele decidiu viver no lado sul da cidade: South Side. Tudo bem se não fosse o lado bang bang da região: pobreza, violência e carência de toda sorte reinam ali. Um desafio!

Ele descreve o “lado sul” como: “o fundo do poço – um lugar de onde as pessoas partem em vez de chegar”. De origem Batista (membro do coro, e etc.), como Amós, Oséias e/ou Miquéias sabe o que é a vida e o projeto de Deus para o ser humano. Então acredita em libertação e restauração da vida humana e trabalha para isso.

Sua atividade é centrada em planejamento urbano, espaço religioso e artesanato. A restauração da cidade leva as pessoas a experimentar um  mundo novo.

Que possamos como os profetas, Jesus e até mesmo como Theaster (que é um artista) desenvolver ações, a partir de nossas habilidades e conhecimentos, que promovam a vida humana. O evangelho é o meio mais eficaz para isso, pois Jesus propõe um novo mundo a partir de Cafarnaum. Oremos! Ação!

Pr. Levi Silvestre


compartilhe


Deixar uma Resposta