Mc 14.50

Condenamos as autoridades judaicas em sua injustiça para com Jesus. Repudiamos a ação de Pilatos. Consideramos Pedro fraco por negar Jesus. Mas, a verdade é que todos os discípulos contribuíram para o sofrimento de Jesus ao deixa-lo só.

Embora a maioria de nós não seja como os líderes judeus, somos todos como os discípulos, pois em alguma área de nossa vida negamos ao Senhor Jesus.

Enxergamos com facilidade os pecados de outros, mas é certo que todos nós cometemos pecados e negamos Jesus em áreas de nossas vidas.

Não devemos nos desculpar apontando os erros de outros, mas deixarmos o Senhor nos restaurar.

No domingo da ressurreição o Senhor vai ao encontro de seus discípulos. No túmulo, encontra-se com Maria. No caminho de Emaús, com Cléopas e seu amigo. Com Pedro e depois com os outros discípulos. Nesses encontros o Senhor desvenda os olhos de seus discípulos para a grande verdade do amor de Deus.

Hoje, domingo de Páscoa, celebramos a ressurreição de Jesus Cristo. Que também, possamos celebrar o encontro com o Deus amoroso que vem para nos restaurar, curando-nos e perdoando-nos de todas as vezes que contribuímos para o sofrimento de Jesus com o nosso distanciamento egoísta.

O Deus que foi oferecer consolo, esperança e vida aos discípulos, também vem hoje para dizer a nós que venceu, está vivo e nos perdoa e restaura, dando-nos de sua Vida.

CELEBRE! Ele está aqui hoje nos consolando e oferecendo Vida. RECEBA!

Rev. Sergio,

Seu pastor


compartilhe


Deixar uma Resposta