Avalie-se e responda a seguinte pergunta: Eu já entreguei a minha vida inteiramente a Deus pela fé? Se não, pare uns minutos e ore declarando sua fé em Jesus e renda sua vida a Ele agora.

Se sim, responda a seguinte pergunta: Por que quando entregamos a vida a Deus, não tivemos acesso imediato ao céu? Poderíamos dar inúmeras respostas à pergunta acima, mas, creio que Efésios 2.10 esclarece bem a questão. “Pois foi Deus quem nos fez o que somos agora; em nossa união com Cristo Jesus, ele nos criou para que fizéssemos as boas obras que ele já havia preparado para nós.” (NTLH) Eu e você fomos criados para realizarmos a obra de Deus enquanto estivermos “por aqui”. Assim que entregamos nossa vida a Deus começamos a ser transformados “segundo a sua imagem” “Portanto, todos nós, com o rosto descoberto, refletimos a glória que vem do Senhor. Essa glória vai ficando cada vez mais brilhante e vai nos tornando cada vez mais parecidos com o Senhor, que é o Espírito.” (NTLH) II Co 3.18. É um processo de longo prazo mas no decorrer do tempo os seguidores de Cristo abandonarão os seus pontos de vista e começarão a raciocinar de acordo com a perspectiva do céu. Deixarão, aos poucos, de apegar-se ao egoísmo e procurarão meios de servir aos outros. Resistirão à tentação de julgar e, em vez disso, aproveitarão com afinco mais oportunidades de conceder misericórdia.

Quando Deus trabalha em nossa vida, transformando-nos em seguidores de Cristo o tempo todo e, por conseguinte, em pessoas cada vez mais compassivas.

Deus é amor. Jesus é Deus. Se Jesus deixasse de amar, deixaria de ser Deus. Os seguidores de Jesus, consequentemente, recebem, vivem e refletem o amor de Deus. Como temos refletido Jesus através de nossas vidas?

 

Deus o abençoe.

Rev. Sergio,

Seu pastor


compartilhe


Deixar uma Resposta