(Números 14:6-10 e Josué 18:1-10)

Josué foi o líder que Deus escolheu para suceder a Moisés. Ele conduziu o povo na travessia do rio Jordão e na conquista da terra de Canaã. Porém, Josué não obteve o reconhecimento do povo instantaneamente.

As duas referências bíblicas acima contam dois momentos em que Josué tenta estimular o povo a avançar na conquista da terra que Deus lhes havia prometido.

No texto de Números 14, depois do relatório negativo dos espias, Josué e Calebe desafiam o povo a confiarem em Deus. A reação do povo foi querer apedrejar Josué e Calebe (Nm 14:10).

No texto de Josué 18, depois dos 40 anos no deserto, depois de Josué ser discipulado por Moisés todos esses anos, ele exorta o povo e o povo aceita o desafio e a orientação de Josué. E aqueles que ainda não tinham conquistado a sua herança partem para tomarem posse da terra que o Senhor lhes havia dado.

Por que em Números 14 o povo fala em apedrejar a Josué e em Josué 18 o povo se submete à palavra dele? Em Números, Josué ainda não era um líder reconhecido pelo povo. O líder que eles consideravam era só Moisés. Com o passar do tempo, a presença de Josué diante do povo, a sua fidelidade, a confiança em Deus e a confirmação de Deus da sua liderança por meio das conquistas alcançadas, o elevaram à condição de líder.

Deus tem chamado muitos líderes, entretanto, alguns desses líderes ainda não são acolhidos pelo povo.

Em Josué 18:1 diz: “e a terra estava sujeita diante deles”. Somos líderes escolhidos por Deus. A terra está sujeita diante de nós. O que nos falta então para termos discípulos que nos sigam e confiem em nossas palavras?

Nós precisamos ser os primeiros a confiarmos em Deus e no chamado que Ele nos fez. Líderes vão à frente. Se nossas vidas derem sinais de santidade e for um crescente relacionamento com Deus, aqueles que ainda não têm certeza de seu chamado terão a chance de receberem a sua herança dada por Deus.

Não basta conquistarmos a nossa herança, precisamos também conduzir outros à conquista do que o Senhor tem para eles.

Rev. Sergio
Seu pastor


compartilhe


Deixar uma Resposta