“Vendo Jesus sua mãe e junto a ela o discípulo amado, disse; Mulher, eis aí teu filho. Depois, disse ao discípulo: eis aí tua mãe. Desta hora em diante, o discípulo a tomou para casa”. (Jo 19:26,27)

         Todos que seguiam Jesus estavam sentindo-se desamparados com a sua morte. Maria e João ao pé da cruz buscavam permanecer na companhia de Jesus o máximo que pudessem. Naquele momento o sentimento de desamparo era grande.

         Jesus então mostra a solução para aqueles que se sentem sozinhos. Ele dá filhos àqueles(as) que não tem mais a seus filhos. Ele dá mães àqueles(as) que não têm mãe.

         Um solitário pode se aproximar de outro solitário e ambos não estarão mais sozinhos. Na Páscoa celebramos a conquista de nossas vidas para Deus por intermédio do sacrifício de Jesus, conquistados por Deus e inseridos em Sua família.

         Deus queria seus filhos de volta, por isso deu o seu próprio filho, para resgatar a muitos.

         O amor de Deus se materializa em Jesus e em sua obra. A nossa fé também precisa ser manifesta por meio de ações concretas.

         Você se sente só? Acabe com sua solidão aproximando-se de quem precisa de amparo. Precisando de irmãos, mães, família? Olhe à sua volta, veja aqueles(as) que estão sós e se torne filho, mãe, família para esses, formando uma família maior para nós mesmos.

FELIZ PASCOA PARA TODA A FAMÍLIA DE DEUS.

Rev. Sergio, seu pastor


compartilhe


Deixar uma Resposta